DOA A QUEM DOER | Festa no Setor de Clubes em meio a pandemia

Doa a quem Doer

Por Jair Henderson*

Com a aproximação do final de semana, alguns moradores do Lago Sul já começam a ficar apreensivos, isso porque há relatos de pessoas que residem na QI 8 que festas estão sendo promovidas no Setor de Clubes Sul.

Uma moradora da quadra informou a nossa redação que, desde o início da pandemia, as festas na região continuaram e não tem hora pra acabar. Segundo ela, já foi dormir por diversas vezes depois das quatro horas da manhã, aguardando o término do barulho.

“No começo eu pensei que fosse algazarra ali no estacionamento do Gilberto Salomão, mas ao pedir um amigo PM que pudesse ver o que estava acontecendo, ele disse que não, pois o barulho vinha do outro lado do lago”, nos relatou a moradora que pediu para não ser identificada.

Festas Recorrentes

No começo de março uma produtora de eventos realizou um evento na 99 Xclusive Lab que reuniu quase 100 pessoas no Setor de Clubes Sul. Na época, o Governo do Distrito Federal (GDF) já havia publicado um primeiro decreto determinando a suspensão de eventos com mais de 100 participantes.

Na ocasião, várias pessoas que participaram do evento testaram positivo para a Covid-19.

Sintomas

Os sintomas das pessoas infectadas pelo coronavírus geralmente são tosse seca, febre e cansaço, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). Alguns pacientes podem ainda sentir dores no corpo, inflamação na garganta ou diarreia.

Há, ainda, sintomas mais graves, como o comprometimento do quadro respiratório do infectado. O coronavírus pode causar inclusive insuficiência respiratória aguda, congestionamento nasal, espirros e até pneumonias.

* Jair Henderson é blogueiro e editor do site Doa a quem Doer

Matéria publicada originalmente no Doa a quem Doer

Next Post

Governo anuncia parceria para produzir vacina contra covid-19