Distrito Federal: uma cidade deficiente

1037

Deficiente na RodoviáriaPor Renata Poli

Os mais de quinhentos mil deficientes, que residem em todo Distrito Federal, quantidade que equivale a cerca de 18% da população sofrem diariamente com falta de acessibilidade.

O descaso das autoridades, quanto à implantação de política pública, para a melhoria da qualidade de vida e atendimento adequado desta grande parcela da sociedade que além de lutar diariamente, contra a discriminação, desconfiança e medo de alguns empresários na hora de contratar, onde muitas vezes subestimam a capacidade física e intelectual do deficiente, não dando oportunidade de ocuparem postos chaves em suas empresas, também sofrem no dia a dia com vários obstáculos, que dificultam sua locomoção, dentre eles Lixo, entulho, carros estacionados em frente às rampas, semáforos sem aviso sonoro para que possam atravessar a rua com segurança, dentre outros.

Deficientes e entidade encontram pouco apoio dentre os membros dos poderes executivos e legislativos, que diferente de outros seguimentos da sociedade que já possuem seu espaço garantido como os idosos, crianças, adolescentes dentre outros que seja no Governo Federal, Estadual ou no Distrito Federal, tem pelo menos uma subsecretaria para colher e encaminhar suas demandas.

Tomamos como exemplo a Câmara Legislativa do Distrito Federal, que poucos parlamentares lutam pela causa como é o caso do Deputado Distrital Robério Negreiros (PMDB), que apresentou proposta para criação da Comissão Especial de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência. Desde março deste ano em tramitação e deverá entrar em funcionamento no próximo mês.

A Comissão tem o objetivo de discutir a inclusão profissional e social das pessoas com deficiência, conforme a Convenção Internacional da pessoa com Deficiência e de nossa Constituição Federal, irá encaminhar sugestões ao poder executivo para que as políticas públicas sejam implantadas com a máxima urgência para que sejam criadas novas oportunidades a este segmento.

Da Redação do Portal ABBP