No dia do aniversário de Brasília, GDF inicia testes da covid

A população do Distrito Federal, a começar pelas cidades com maior número de pessoas infectadas pelo coronavírus, passará por testagem em massa para Covid-19. A medida é importante para direcionar formas mais seguras para diminuição do isolamento social, como a abertura gradual do comércio, por exemplo.

A partir desta terça-feira, 21 de abril de 2020, a Secretaria de Saúde do Governo do Distrito Federal (GDF) iniciará a testagem para Covid-19 por meio do serviço de drive thru.

A primeira fase abrange as áreas do Plano Piloto e de Águas Claras, as regiões com mais registros da doença.

A modalidade de teste a ser aplicada visa evitar aglomerações e, inicialmente, serão cerca de 100 mil exames aplicados.

O grupo prioritário será constituído por pessoas com sintomas de gripes, entre eles febre, mas que estejam com sintomas há sete dias, no mínimo, de acordo com especificações técnicas dos fabricantes dos testes.

Todos os usuários devem levar documento de identificação e comprovante de residência.

Os atendimentos seguirão de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, em pontos específicos das duas regiões administrativas.

LOCAIS DE TESTAGEM

– Unieuro Águas Claras

– Uniplan Águas Claras

– Residência Oficial do Governador

– Estádio Nacional de Brasília Mané Garricha

– Estacionamentos do Parque da Cidade

A previsão é de que mais pontos de testagem sejam abertos nos próximos dias.

TESTAGEM – COMO FUNCIONARÁ

Inicialmente todos serão cadastrados na entrada do drive thru e passarão por triagem de temperatura, por meio de câmera térmica, feita pelo Corpo de Bombeiros.

Os que não apresentarem sintomas não farão a testagem.

O atendimento será por ordem de chegada, dentro do veículo, em que é proibido descer sem orientação da equipe de saúde. Também é recomendado que a população utilize máscaras faciais já na saída do domicílio, e que cada carro tenha, no máximo, quatro pessoas.

Todos os profissionais de saúde e de apoio utilizarão equipamentos de proteção individual (EPIs) em todas as etapas do atendimento de drive thru.

Será de responsabilidade exclusiva dos profissionais de saúde, devidamente identificados, a aplicação dos testes.

A Secretaria de Saúde montou equipes com o apoio de técnicos de enfermagem e enfermeiros do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF).

DOIS TIPOS DE TESTES

Todos os testes utilizados nesta ação são para detecção, exclusiva, do coronavírus. No entanto, são diferentes na hora de colher o material.

Teste sanguíneo: coleta-se uma gota de sangue, a exemplo da medição de glicemia (taxa de açúcar no sangue). A partir desta gota de sangue é possível detectar a presença de anticorpos (IgG e IgM), que são defesas produzidas pelo corpo humano contra o vírus que causa a Covid-19. O resultado sai em até 30 minutos e será fornecido ao usuário após a coleta.

Teste swab: coleta-se material da garganta e do nariz do paciente, por meio de um cotonete (swab) analisado em laboratório. O resultado sai em até 48 horas, liberados pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Distrito Federal (Lacen-DF).

Todos os casos confirmados deverão ser notificados.

Next Post

BLOG DO PAULO MELO | Secretaria de Cultura e Economia Criativa reabre programa com foco em capacitação

Responsável por promover a circulação da produção cultural feita no Distrito Federal no Brasil e […]