Alexandre Guerra é entrevistado na 35ª edição da Sabatina ABBP

207

A 35ª edição do projeto Sabatina ABBP entrevistou Alexandre Guerra herdeiro da rede de lanchonetes Giraffas e pré-candidato ao governo de Brasília pelo Partido Novo.

Durante a coletiva, Alexandre encorpou o discurso pela renovação total da política. “É muito profundo não usarmos dinheiro público ou fazermos coligações em troca de cargos ou tempo de tevê; mais ainda, realizarmos um processo seletivo rigoroso para a escolha dos candidatos. É nesse momento que vemos a revolução política e partidária.” E concluiu: “É disso que precisamos: um governo mais leve, que se torne eficiente. Essa é nossa proposta para 2018.”

Alexandre Guerra e a política

Para o jovem candidato, de 37 anos, é preciso mudar a forma de como é feita a política. “O cidadão tem que participar da política. Não adianta ficar em casa. O indivíduo é a riqueza desse país.”

Segundo Alexandre, a decisão de se candidatar não é um movimento da família.

Independência entre os poderes

Ele defende a independência do executivo, do legislativo. “O Novo não indica sequer nomes para os cargos do Governo”.

Reeleição

De acordo com Alexandre, os deputados do Novo só podem ser reeleitos uma vez, abrindo espaço para outros candidatos.

Emprego e Renda

Ele afirma que o que gera a riqueza é a sociedade. “A gente precisa empoderar de novo o indivíduo para que ele transforme essa realidade. Essa decisão tem que vir dele.”

Campanha

Questionado se haverá recursos familiares nas doações de campanha, ele diz que sim.

Referência político-eleitoral

Alexandre citou o senador Reguffe. “Na questão político-eleitoral, ele foi por um caminho totalmente diferente da velha política. Ele disputou à eleição sem grandes fortunas ou recursos empenhados”.

Quer saber mais sobre a entrevista com Alexandre Guerra? Acesse os blogs abaixo

Sandro Gianelli (Portal Conectado ao Poder e Coluna On´s e Off´s do Jornal Alô Brasília); Tenente Poliglota (Blog do Poliglota); Hudson Cunha (Blog do Hudson Cunha); Rodrigo Mercúccio (Blog do Rodrigo Mercúccio); Kleber Karpov (Politica Distrital); Maria Célia (Brasília Real); José Gurgel (Guerrilheiro do Cerrado); e Paulo Fernando (Blog do Paulo Fernando).