Cabeça de juiz e… WhatsApp

244

Por Maria Célia

O Brasil vermelhinho criou a cultura da má gestão. Por onde você anda as coisas estão, cada dia, piores. As cidades feias, o povo triste, as estradas  horríveis. Nada anda. Os maiores desatinos acontecem, diariamente.E este desarranjo institucional chegou nos tribunais. Como é  o povão quem sempre paga a conta,  o meritíssimo resolveu tirar o circo do povo brasileiro. O pão, a presidenta Dilma já tirou.
Esqueceu o nobre juiz de estudar as competências dos responsáveis pelos sistemas penitenciários brasileiros. Cabe ao judiciário e ao governo,  meritíssimo, a condenação e guarda dos apelados. Se, nas prisões brasileiras, a corrupção corre solta e os celulares, que tem o uso proibido aos presos,  são fornecidos pelo próprio sistema, me parece que sua sentença foi dada para o grupo errado.
O povo não tem nada com isto, e não é justo retirar dos brasileiros o melhor e mais barato sistema de comunicação mundial porque os servidores dos presídios, que estão a serviço da justiça, não estão tendo a competência e nem a retidão de caráter para cumprirem as  funções à eles outorgadas.
O povo já faz a sua parte,  paga o salário dos servidores da Justiça, inclusive o de Vossa Excelência.
É,  talvez o povo mereça mesmo ser punido, porque afinal, estamos mantendo serviços públicos de péssima qualidade e com foco e interesses pessoais.
Como diz o blogueiro Kleber Karpov: “Queremos nosso WhatsApp de volta.”