As rapidinhas da política

935
Reprodução
Reprodução

Por Carlindo Medeiros

… A viagem mais cara até agora foi a Londres, com valor total de R$ 122 mil. A CPI da Petrobras já gastou cerca de R$ 322 mil em viagens nacionais e até uma internacional que e nenhuma utilidade buscamos saber e praticamente essas viagens não acrescentaram nada nas investigações da comissão. Além disso, o blog conseguir informações que já foram pagos R$ 1,18 milhão para uma empresa de investigação que até o momento só fez um relatório incompleto. Qual a finalidade mesmo destas CPIs? Pois sabemos que nunca na história elas não produziram nada de útil tanto é que os governantes do PSDB nunca deixam acontecer CPI porque será?

… Parece que o problema do governo de Rollemberg não era o Doyle, pois passado vários meses após sua saída e o GDF piorou, o tal do Sampaio até agora não disse a que veio e a presidente da câmara Celina Leão, que durante toda sua vida politica nunca fez nada de útil pelo DF, parece estar muito feliz com a situação, será que e o problema era pessoal com Doyle?

O ex-secretario de Rollembeg Hélio Doyle escreveu no seu Twitter no ultimo dia 12/09 que: Médicos são formados, e muito mal, para ganhar dinheiro. Não aprendem a clinicar, mas a pedir exames.  A quem de fato ele teceu tal comentário?

… Os cabos eleitorais que ainda estão fora do governo ficaram tristes com a declaração do Governador, ao afirmar que vai reduzir (ainda mais) as despesas com cargos comissionados. A redução atual de 40% ainda não foi o bastante.

… Em evento no último Sábado, quando perguntado sobre o emprego dos concursados do GDF, o Governador disse que não há o que temer. “o emprego dos concursados tá pratica… tá tá garantido!” Só não passou confiança aos que ouviram.

…. De fato a crise econômica do governo está mexendo com os valores em eventos, pois segundo participantes do evento de Sábado no Sol Nascente, foi servido salgadinhos de milho para os participantes. Isso que é economia governamental.

… Fazendo um comparativo: no 3º quadrimestre do Agnelo o gasto com pessoal foi pouco menos de 47%, no primeiro de Rollemberg foi de 48% e a previsão de gasto no segundo quadrimestre é de ultrapassar os 50%, analisando friamente os dados dos gastos e o aumento da arrecadação tem algo no mínimo estranho. Segundo muito se comenta que o corte de pessoal comissionado foi uma farsa, pois apenas retirou função de servidores efetivo para colocar os apadrinhados de alguém, sendo assim não houve diminuição de gasto com pessoal e sim aumento da folha de pagamento.

Da Redação do Portal ABBP