Pau que dá em Francisco… Nem sempre dá em Renan, Sarney…

883

Sarney e RenanPor Ricardo Noronha

A decisão do Governo do Distrito Federal de cumprir a lei, ao derrubar cercas e algumas pequenas construções na Orla do Lago Paranoá, demonstra igualdade de direitos e deveres perante a aplicação da lei. A “invasão dos ricos” sempre foi contestada, mas nunca teve desfecho. Agora, em decisão que pegou muita gente de surpresa, veio à tona. Os proprietários das “pontas de picolés” foram notificados, mas não deram bola, haja vista que outros governos prometeram derrubar e não conseguiram.

O Procurador Rodrigo Janot, durante sabatina no Senado, disse: “Pau que dá em Chico dá em Collor”. A frase cai bem quando a gente compara com as derrubadas em áreas consideradas dos pobres com as “invasões” consideradas dos ricos. No entanto é preciso que a mesma ação também sirva para os “invasores” revestidos de poder, como Sarney, Cunha e Renan, cujas habitações não sofreram a mesma pena, por causa de terem “fórum privilegiado”. A decisão da justiça comum vale para todos, menos para residências consideradas oficiais. Ora, amigos, a verdade é que “pau que dá em Francisco nem sempre dá em Renan, Cunha e Sarney”, é isso? Pau torto, então! Sem comentários…

O Governador Rodrigo Rollemberg não pode ser acusado de não cumprir a lei. Se a Agefis tem poder para derrubar casas em Vicente Pires, tem para derrubar construções na Orla. Residências até então consideradas “imexíveis” sofreram ações da Agefis. A questão levantada pela associação dos moradores da Orla, dos 30 metros ou 5, da margem, vale o que consta em lei. O que não pode é invadir área pública e obstruir a passagem do povo.

Governador tem gente apostando que as irregularidades cometidas pelos invasores Renan, Cunha e Sarney, não vão dar em nada. Pizza!  Será?

Futebol

O time do Vasco se agiganta quando joga com o Flamengo. Jogadores “pernas de paus” viram heróis e superam as dificuldades. Esse comportamento é louvável e cala a boca de muita gente. Para evitar comentários maldosos, sugiro que os jogadores do Vasco façam o exame antidoping. Já o time do Flamengo depende de um ou de outro jogador. Tem uma defesa horrorosa e até semana passada tinha um técnico horroroso também. Se o Vasco é LANTERNA no Brasileirão, ganhar do Flamengo soa como um TÍTULO.

PIXULÉKO

O boneco do Lula que fez sucesso em 16 de Agosto, em Brasília, vestindo traje de presidiário, está em turnê pelo Brasil. Em São Paulo, na ponte estaiada, voltou a ser destaque na mídia. Foi erguida exatamente em frente à janela do estúdio da globo, onde são apresentados os telejornais paulista. Não deu outra: a Rede Globo mandou fechar as persianas. Imagina apresentar um telejornal com o boneco do Lula Presidiário o tempo todo roubando a cena? Putz! Até isso ele rouba. Dia 7 de Setembro o boneco deve retornar a Brasília.

Da Redação do Portal ABBP